Tatuagem de henna gera cicatrizes permanentes em menina de 7 anos

Tudo o que você quer fazer durante as férias pode ser resumido em uma palavra: diversão.

Fazer uma tatuagem de henna era apenas uma inocente atividade para se divertir.

Que criança não gostaria de ter um desenho temporário no corpo?
Infelizmente, o que era para ser uma lembrança da viagem de férias se transformou numa cicatriz para o resto da vida.



Madison Gulliver, uma garota de 7 anos, ficou com graves queimaduras e cicatrizes no braço após fazer uma tatuagem de henna negra.




A família britânica Gulliver estava de férias num hotel quatro estrelas do Egito, quando o pai, Martin, permitiu que a pequena fizesse uma tatuagem temporária.

O serviço de tattoo era oferecido por um salão dentro do hotel, na cidade turística de Hurghada, às margens do Mar Vermelho.
O que poderia dar errado?



Após alguns dias, com a família já em casa, o braço de Madison começou a coçar e bolhas foram ocupando o lugar da tatuagem.

Levada às pressas ao hospital, a menina teve as bolhas cortadas e agora está em uma unidade de gerenciamento de cicatrizes.



Os médicos do Hospital Salisbury District, especializado em queimaduras, informaram que a garota precisará usar uma ligadura de pressão por pelo menos seis meses para minimizar as cicatrizes.

Segundo o pai, os médicos ficaram “chocados” quando descobriram o alto nível de PH nas bolhas, indicando uma queimadura química.

“Eles decidiram tratar a pele removendo as bolhas, para que pudessem acessar a pele queimada por baixo”, explicou Martin, ao site Daily Mail.

“Eles pensaram que eles poderiam absorver as bolhas e esfregá-las, mas isso não foi possível porque elas eram tão espessas que eles tiveram que cortá-las”, completou.
O pai reclama da negligência do hotel Fort Arabesque


“Nós ignoramos completamente os perigos [desse tipo de tatuagem] e acho que eles [os funcionários do hotel] deveriam avisar sobre isso nas brochuras.

Minha filha teve bolhas do dedo até o cotovelo e está com muita dor.

A tatuagem foi feita no salão do hotel, e eles ainda afirmaram que o problema não foi a henna, mas a pele da minha filha.

Eu acho que é em parte minha culpa porque eu não sabia sobre isso, mas também é culpa do salão porque eles estão usando produtos químicos perigosos em crianças.

Queremos transmitir essa mensagem a outras pessoas“, protestou ele.
Muito cuidado com tinta química tóxica!



Se você acompanha o Awebic há um tempo, você deve saber que não gostamos de publicar esse tipo de história.

Porém, o alerta é importante e necessário.

O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido adverte que essas tatuagens de “henna negra” podem ter conter altos níveis de tinta química tóxica.

A tinta contém um ingrediente chamado parafenilenodiamina (PPD), substância conhecida como a que mais causa alergia em tinturas de cabelo.
Reações nas redes sociais

O caso é chocante, mas, infelizmente, é mais comum do que se imagina.

Liana Marinho compartilhou a cicatriz que ficou no braço de sua filha após uma tatuagem de henna:

Avise seus amigos com crianças pequenas



Todo cuidado é pouco. Uma brincadeira despretensiosa pode virar um grande trauma.

No momento, a pequena Madison está recuperada, mas ainda repousa no hospital.

“Ela está potencialmente marcada para toda a vida”, lamentou o pai.

Comentários